sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Disputa eleitoral nas Redes Sociais Virtuais

Nas eleições deste ano, sobretudo para a Presidência da República, vemos um embate forte entre defensores da Presidenta Dilma e os apoiadores de Aécio Neves. Pela ressonância e velocidade que a comunicação ganha nas redes sociais virtuais (principalmente Facebook e Twitter), a discussão eleitoral ganhou contornos desproporcionais ao razoável, já que vem apresentando informações sem nexo e, muitas vezes, longe da realidade, intencionando exclusivamente desfigurar a imagem dos candidatos, e a consequente perda de credibilidade dos candidatos. Devemos lembrar que quando falamos publicamente, como no caso das redes sociais virtuais, a injúria e a difamação tornam-se objeto de representação jurídica. E verificamos esse caso na atual situação, onde os internautas são dominados por sua paixão ideológica, não questionando as posições que reproduzem, fortalecendo pontos de vista distorcidos e mau intencionados. E o pior, amizades e relacionamentos são afetados por uma questão menor, visto que tal disputa não acrescentará melhorias nas condições sociopolíticas brasileiras, mas somente fortalecerá estratégias políticas voltadas para o incerto. Devemos discutir sim, mas com ética e equilíbrio, defendendo nossos pontos de vistas racionalmente.

2 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2014/10/muro-de-berlim-sera-reerguido-25-anos-apos-sua-queda.html ai Carvalhido o link do muro de Berlin.
Helio S.

28 de outubro de 2014 18:33  
Anonymous Anônimo disse...

Berlim
Helio S.

29 de outubro de 2014 19:24  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial